(+55 11) 3081-3556 contato@polzer.com.br

Archive for Month: October 2017

Lamps recycling

Saiba como destinar suas lâmpadas. Esse material contém componentes tóxicos e devem ser entregues nos pontos de coleta, não deixe de fazer a sua parte!

O primeiro PEV (ponto de entrega voluntário) foi instalado em dezembro de 2016 e hoje já temos mais alguns pontos. e o objetivo é universalizar essa coleta atendendo todo o Brasil.

“No Brasil, a demanda para o tratamento de lâmpadas atinge 300 milhões de unidades e somente 6% são encaminhadas para a reciclagem (1). A logística reversa das lâmpadas constitui um dos programas com mais obstáculos a serem implementados como: o correto acondicionamento das lâmpadas em uma caixa apropriada para que sejam acumuladas para a coleta no caso de grandes geradores; a falta de pontos de coleta para consumidores em geral; a falta de incentivos no setor e o alto custo de toda a cadeia. Outro fator agravante são as lâmpadas que chegam de forma ilegal ao país e que competem com as lâmpadas nacionais (2)”

 

O programa de logística reversa de lâmpadas teve início em 2017 e já conta com vários pontos de coleta. Para saber o ponto de coleta mais perto de você basta acessar o site da reciclus (responsável pela logística reversa das lâmpadas) e colocar o seu CEP.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

(1) MATOS, Waleria. Por um mercado mais sustentável. Revista Lumière Electric. Instalações e materiais elétricos, São Paulo, ed. 211, p. 39-42, nov. 2015.
(2) Polzer, Verônica. Desafios e perspectivas rumo ao gerenciamento integrado de resíduos sólidos nas cidades brasileiras: contribuições a partir de estudos de caso europeus. Tese (Doutorado em Arquitetura e Urbanismo) – Universidade Presbiteriana Mackenzie, São Paulo, 2017.

Radon emission in ornamental rocks

Estava pesquisando sobre qualidade interna do ar e me deparei com alguns componentes que usamos como revestimento, por exemplo: tintas, carpetes, colas, etc. Um dos assuntos me chamou a atenção, a emissão de radônio de rochas ornamentais, principalmente o granito. Achei um artigo com mais informações, quem quiser ler mais a respeito e me ajudar na investigação será um prazer.
Tento levar aos meus alunos essas informações e curiosidade em pesquisar os materiais que são indicados num projeto. Qual o papel do arquiteto ao indicar um piso de granito interno, um carpete que será fixado com cola? Quais as emissões que esses revestimentos produzem e como afetam a nossa saúde? Não dá para não simplesmente não usarmos alguns deles?
Vejam o artigo sobre o assunto em: Inovação Tecnológica

How’s the waste-to-energy work?

This video demonstrates the operation of a waste-to-energy. It is a well didactic video where it is possible to follow step by step, from the waste arrival, the energy transformation and distribution in the public network.

CASACOR São Paulo 2017

CASACOR São Paulo 2017 was a success, we managed to divert more than 98% of solid waste generated during the assembly, exhibition and disassembly phases.

 

 

 

 

 

 

 

  • The debris was sent to recyclers that transform the material into nonstructural aggregate;

  • The plaster was sent to cement plants that use the plaster powder as an additive in the cement;
  • The wood was transformed into chips for biomass generation and part donated to NGOs;
  • Paper, cardboard, plastics, metals, glass and styrofoam were sent for recycling;
  • The organic waste produced by the restaurants was transformed into fertilizer. We managed to treat 3,500 kilos of food waste and garden pruning through an equipment that uses enzymes to accelerate the process (partnership with the company Dar Vida);
  • More than 30 tons of building materials such as floors, glass, mirrors, and woods were donated to NGOs.