(+55 11) 3081-3556 contato@polzer.com.br

Blog Posts

Soluções integradas

Através das soluções integradas o cliente pode economizar matéria prima, água e energia!

Com a adequada infraestrutura é possível separar todos os tipos de resíduos (recicláveis, especiais, orgânicos, e outros) de forma eficiente, gerando emprego e renda em toda a cadeia.

Os resíduos orgânicos e o esgoto podem ser transformados em energia através da biodigestão anaeróbica. O biogás, resultado da degradação da matéria orgânica, pode ser utilizado no lugar do gás natural, para abastecimento dos fogões, como combustível de automóveis, aquecimento de água e eletricidade.

Técnicas de compostagem acelerada também transformam os resíduos orgânicos em composto e biofertilizante que podem ser utilizados no paisagismo urbano, em hortas urbanas, controle de erosão e na agricultura.

A empresa busca soluções integradas para todos os tipos de clientes (edifícios comerciais, residenciais, comércios (restaurantes, lojas, serviços), escolas, obras em andamento ou em projeto, etc.)

O escopo inclui os seguintes serviços:

• Diagnóstico – situação atual; caracterização dos resíduos sólidos e locais de geração; caracterização dos sistemas de energia e água
Projeto Zero Waste – soluções para minimizar a produção de resíduos; desenvolvimento do plano de gerenciamento integrado de resíduos sólidos, água e energia
Plano municipal de gerenciamento de RSU – para bairros ou cidades
Gerenciamento da fase de concorrência – licitação dos fornecedores que irão realizar as instalações de infraestrutura, coleta e destino dos resíduos
Gerenciamento da fase de construção
Treinamento
Treinamento contínuo
Programas de educação ambiental

O cliente pode optar em contratar um ou mais serviços isoladamente, incluindo ou não as três especialidades (resíduos sólidos, água e energia).

Economicamente viável e ambientalmente correto

Ao destinar os resíduos para a reciclagem ou compostagem o cliente economiza com taxa de aterro e transporte, além de proteger o meio ambiente.

Conheça nossos projetos zero waste

Projetos sob medida para atender as suas necessidades com foco na sustentabilidade econômica, social e ambiental.

Analisamos a situação existente (diagnóstico) e indicamos as oportunidades de melhoria para uma gestão de resíduos eficiente e sustentável.

São consideradas alternativas para a redução dos resíduos na fonte, reúso, reciclagem, compostagem e por último a destinação para os aterros sanitários, respeitando a hierarquia na gestão dos resíduos conforme a lei no 12.305 que institui a Política Nacional de Resíduos Sólidos.

objeitov

Atendemos:

  • Shoppings centers
  • Hotéis
  • Universidades, escolas
  • Indústrias
  • Supermercados
  • Condomínios comerciais
  • Condomínios residenciais
  • Obras em andamento
  • outros

Destinamos da melhor forma os resíduos gerados através de parcerias com empresas que realizam coleta e tratamento de cada tipo de resíduo:

  • Resíduo comum (classe IIA)
  • Orgânicos, poda de jardim
  • Papel, plástico, metal e vidro
  • Madeira
  • Entulho limpo
  • Gesso
  • Tecidos
  • Óleo de cozinha
  • Resíduos perigosos
  • Resíduos especiais
  • Outros

CASACOR 2016

CASACOR 2016

Separação e reciclagem dos resíduos de construção e demolição, resíduos recicláveis e compostagem de orgânicos. Mais de 90% dos resíduos foram desviados dos aterros sanitários.

2016-07-14 10.59.32

01

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Compostagem de material orgânico durante a exibição e reciclagem de todos os resíduos produzidos durante a montagem, exibição e desmontagem:

2016-06-14 16.49.15      IMG_7656

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Resíduos de construção e demolição separados por caçamba e destinados a reciclagem: entulho, madeira, gesso e sucata metálica.

2016-07-15 10    04

 

Sucata eletrônica

Como descartar corretamente os resíduos eletroeletrônicos?

Coopermiti 01

Coopermiti 03

Se você tem em casa equipamentos eletroeletônicos que estão quebrados ou sem uso e não sabe como descartá-los, procure uma cooperativa ou um ponto de entrega voluntário que receba esse material.

Gostaria de recomendar o trabalho da Coopermiti, cooperativa cadastrada da prefeitura de São Paulo. Eles coletam resíduos eletroeletônicos em grande quantidade dos pontos de coleta e de grandes geradores e também recebem o material no local.


Locais de entrega de e-lixo:

Coopermiti 04

Coopermiti
(11) 3666-0849 / 99301-7696 – Rua João Rudge, 366 – Casa Verde

Pontos de coleta da Coopermiti:
CEU FORMOSA – (11) 2216-4622 – Rua Sargento Claudiner Evaristo Dias, 10 – Parque Santo Antônio

COLÉGIO HEITOR GARCIA – (11) 3853-4996 – Rua Roma, 350 – Lapa – CEP 05005-090 – Horário de funcionamento para o descarte: 7 às 19 h.

CONTINENTAL SHOPPING – 4040-4981 / 2666-3830 – (pequenos objetos) Av. Leão Machado, 100 – Jaguaré

ETEC PINHEIROS – APM – Escola Técnica Estadual Guaracy Silveira – (11) 3813-3986 Rua Ferreira de Araújo, 527 – Pinheiros

ECoopermiti 02TEC Vila Formosa – (11) 2211-6485 – Rua Bactória, 38 – Jardim Vila Formosa

PAÇO CULTURAL JULIO GUERRA – (11) 5523-6455 – Praça Floriano Peixoto, 131 – Santo Amaro

PARQUE LUIS CARLOS PRESTES – (11) 3721-4965 – Rua João Della Manna, 665 – Butantã

PARQUE DA PREVIDÊNCIA – (11) 3721-8951 – Rua Pedro Peccinini, 88 – Jardim Previdência

PARQUE ALFREDO VOLPI – (11) 3031-7052 – Rua Engenheiro Oscar Americano, 480 – Morumbi

SANTANA PARQUE SHOPPING – (11) 2238-3002 (pequenos objetos) – Rua Conselheiro Moreira de Barros, 2.780 – Santana


Coopermiti 05Observações:

* Materiais que não recebem: lâmpadas, TVs e Monitores abertos ou rachados, vazando componente químico.
*Não coletam somente pilhas e sim se estiverem com e-lixo no ato da coleta, fazem parte do programa da Abinee.
*Oferecem serviço de destinação para os itens abaixo mediante orçamento:
– Monitor e Televisor CRT, Monitor e televisor LCD, Fibra ótica, Fitas magnéticas (DAT, VHS, K7, BETACAM, DISQUETES, etc…), toner e cartucho de tinta.

Composteira caseira

Composteira Caseira – Faça você mesmo!

2015-12-22 15.42.42Composteira caseiraEstou compartilhando as fotos passo a passo de uma composteira de 100 litros que pode ser utilizada em residências.
Você vai precisar de: bombona plástica 100 litros com torneira; tela mosquiteira (1m); dobradiça, 6 parafusos, 6 arruelas e 6 porcas para a portinhola coletora do adubo; tesoura, estilete, furadeira, serra-copo; argila expandida.

O que pode colocar na composteira:

VERDES (ricos em nitrogênio)
• Folhas verdes, grama, flores
• Podas de jardim, plantas em geral
• Restos de comida
• Restos de cascas de frutas, legumes e verduras
• Restos de migalhas de pães, biscoitos, cereais
• Restos de grãos, farinha, massas e arroz cozidos
• Borra de café (incluindo o fitro), saquinhos de chá…
• Estrume de bovinos, suínos, caprinos, ovinos e galináceos
• Cascas de ovos

MARRONS (ricos em carbono)
• Serragem de madeira, galhos e cascas de árvores
• Papelão, papel de jornal
• Restos de poda seco, folhas secas, grama e capim secos
• Caixas de cartão, papelão, guardanapos
• Aparas de madeira
• Palhadas de milho e banana, feno, palha

Não colocar na composteira:
• Fezes e urina humana e de pets
• Produtos químicos em geral
• Restos de carne ou peixe, ossos e espinhas (pode atrair roedores e baratas)
• Papel higiênico usado ou fraldas
• Cinzas e bitucas de cigarro
• Gorduras e laticínios (pode atrair roedores e baratas)
• Madeiras envernizadas, vidro, metal
• Óleo de cozinha, outros óleos, tintas, plásticos, papel plastificado
• Restos de comida muito temperada
• Ervas invasoras e vegetais doentes, com pragas
• Remédios

 

Como fazer a compostagem:

1. Lugar para colocar a composteira: Se possível, coloque a composteira perto da cozinha; assim fica mais fácil o descarte de restos de comida. É importante que ela fique num local arejado e sombreado, por exemplo em baixo de uma árvore.

2. Materiais a compostar: Recolha e misture materiais verdes e marrons apropriados para a compostagem. Devemos ter duas vezes mais elementos marrons do que verdes. Adicione cada dia um pouco de serragem, palha seca, folha seca ou papelão à composteira, como cobertura, deixando os materiais verdes embaixo.

3. Controlando o processo de compostagem: Para se desenvolver bem, os micro-organismos precisam de condições adequadas de areação, umidade e temperatura. Os restos orgânicos devem estar úmidos, mas não molhados. Caso o material fique muito seco colocaremos um pouco de água. Devemos remexer o material uma ou duas vezes por semana para permitir a areação. Devemos controlar para que a temperatura não supere os 70 graus. Se ocorrer, remexa os materiais.

4. Como saber se o composto está pronto? No final o composto deve apresentar um aspecto o qual não é possível distinguir os tipos de material. Ele deve ter a cor escura e cheiro de terra. Quando esfregamos nas mãos, elas não ficam sujas. O processo leva em média 2 meses.

5. O chorume, ou biofertilizante pode ser utilizado no combate de pragas no jardim. Basta diluir o biofertilizante. São 20 partes de água para uma parte de biofertilizante.